Apresentação

O II Congresso Internacional Envolvimento dos Alunos na Escola: Perspetivas da Psicologia e Educação — Motivação para o Desempenho Académico (IICIEAE) constitui-se como um fórum aberto a investigadores, professores e psicólogos de todo o mundo, interessados em debater problemáticas do envolvimento e da motivação dos alunos na escola, e em discutir teorias, métodos, práticas e implicações psico-educacionais. Dando continuidade à sua primeira edição realizada em Lisboa, 2013 (http://cieae.ie.ul.pt), o IICIEAE tem agora como subtema a Motivação dos Alunos para o Desempenho Académico (MADA) e constitui-se como uma oportunidade para discutir trabalhos de investigação, teórica ou empírica, com especialistas e colegas das áreas da Educação, da Psicologia e de áreas afins.

Os temas em análise visam relevar linhas de pesquisa no campo da motivação e do envolvimento, ativando conceitos emergentes em mapas de significados abertos, não apenas aos aspetos cognitivos da motivação, mas focando também as complexidades psicossociais de que o comportamento motivado é reflexo. A motivação é agora o foco, com abertura aos aspetos relacionais em contexto escolar, reflexo da sociedade mais ampla. Nas escolas e nas famílias, tem vindo a ser sentida a inquietação perante o declínio da motivação dos alunos na escola. A ausência de envolvimento na escola é um problema persistente, que se verifica num grande número de alunos.

A necessidade de repensar as instituições educativas face às mudanças paradigmáticas e à crise de realização no mundo do trabalho tornam atual e importante a criação de oportunidades de reflexão acerca da educação, tomando como objeto de estudo a motivação e o envolvimento na escola.

O Congresso atende e estende-se a objetivos relevados pela EE2020, promovendo uma área da investigação tão atual e importante — o envolvimento na aprendizagem —, valorizando o estudo do impacto das tecnologias na motivação dos alunos, também considerada em função da arquitetura dos espaços escolares, bem como das restantes formas de arte (pintura, escultura, poesia, música, dança, teatro, e cinema), e da educação física — como meios e ambientes de aprendizagem na escola e ao longo da vida. Serão destacadas conceptualizações e práticas de redução da taxa de insucesso e de abandono escolar, e procuradas novas linhas de investigação ativadoras de uma EDUCAÇÃO SEM EXCLUSÃO SOCIAL. Este II Congresso centra-se na procura de respostas ao problema: Como se processam as variações da motivação e do envolvimento dos alunos na escola, como atuam os seus antecedentes e surgem as suas repercussões, atendendo à complexidade que marca as políticas de aprendizagem e de ensino?

Assim e como objetivos, pretende-se: divulgar resultados da investigação; analisar contextos educacionais promotores da motivação escolar; e equacionar novas linhas de pesquisa, valorizando contributos da investigação em Educação, em Psicologia e em áreas disciplinares diversas, no sentido da procura do bem-estar e da realização de alunos e professores, numa Escola para Todos.

Sejam bem-vindos.

Feliciano H. Veiga, Coordenador do Congresso